Todos os nossos serviços
na palma da sua mão!

Com o App, você receberá Notificações em sua tela toda vez que enviarmos documentos e impostos para sua empresa, e poderá acessá-los de forma fácil e rápida pelo Calendário Dinâmico ou pelo GED Gestão de Documentos, é super fácil e Prático.
Aplicativo Android
Aplicativo IOS

Fale conosco

(14) 3878-1212 / (14) 9 9713-3771

Publicado em 08 de July de 2024
Contábeis

Atualmente, cerca de 20 milhões de consumidores brasileiros estão inadimplentes e sequer conhecem a existência de débitos em seus nomes. O dado foi revelado pela Serasa, que ainda esclarece que esse número representa quase 30% dos 72 milhões com dívidas em atraso.

Esses consumidores, segundo a análise, fazem parte de um grupo de 51 milhões de pessoas que nunca consultaram se há pendências no CPF. Por isso, não sabem que têm contas atrasadas, parte delas já negativadas pelos credores, e que podem ser renegociadas.

Gerente da plataforma Serasa Limpa Nome, Aline Macial observa que consultar o CPF com regularidade auxilia o consumidor a ter uma visão mais clara da saúde financeira e "evitar surpresas indesejadas".

 

“Estar consciente de seus compromissos é passo fundamental para manter uma jornada financeira mais saudável, ciente do seu próprio histórico de crédito e das dívidas existentes em seu nome. Só assim é possível estabelecer um planejamento para regularizar as contas em aberto”, complementa.

Inadimplência tem nova queda

Após dois meses de alta, o país encerrou maio com 72,5 milhões de inadimplentes, segundo o Mapa da Inadimplência e Negociação de Dívidas da Serasa. O patamar representa uma redução de 1,20% em relação a abril. São 884 mil nomes a menos no cadastro de negativação.

Na mesma linha, o volume das dívidas também caiu: em comparação aos últimos 30 dias, o país registrou uma queda de 1,3 milhões de débitos. Ao todo, são 273 milhões de dívidas, somando mais de R$ 394 bilhões.

 

Bancos e cartões (29,07%) seguem como principal causa das dívidas, seguido pelas contas básicas de água, luz e gás natural (22,13%). Entretanto, ambos também perderam força e contabilizaram queda de, respectivamente, 1,87 e 0,5 pontos percentuais. O segmento de serviços, por sua vez, foi o que mais cresceu em maio, representando 11,86% das dívidas, ainda atrás das financeiras (empresas de crédito que não são bancos), com 17,54%.

Como consultar o CPF para ver dívidas?

Uma das formas de consulta é pelo aplicativo da Serasa. Para isso, faça o download do aplicativo da Serasa no celular (disponível para Android e iOS), digite o seu CPF e preencha um breve cadastro. Ao acessar a plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela, como a existência de possíveis dívidas e a pontuação do Serasa Score.

Se houver pendências, será possível selecionar “Ver ofertas”, onde será mostrado as condições oferecidas para pagamento com o desconto do Serasa Limpa Nome já aplicado. Basta clicar em uma das dívidas disponíveis e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito.??Para fazer um acordo, clique no campo “Negociar” de cada uma das ofertas”.??????

Depois é possível revisar e finalizar o acordo. Escolha a opção que desejar e a forma de pagamento de sua preferência. Caso seja boleto, você pode copiar o código, baixar ou solicitar o envio via WhatsApp. Se optar pela opção do Pix, selecione o dia para vencimento e a quantidade de parcelas desejada. Depois, confirme as informações, revisando todas as condições apresentadas, e clique em “Concluir acordo”.??

 

Por último, o interessado deve fazer o pagamento do acordo.???Ao fechar seu acordo, o cidadão deve realizar o pagamento de acordo com as condições definidas na etapa anterior. Para pagar com o Pix, clique em “Copiar chave Pix” e cole no aplicativo da instituição bancária para prosseguir.???

Compartilhe nas redes sociais
Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias