Fale conosco

(14) 3878-1212 / (14) 9 9713-3771

Publicado em 08 de dezembro de 2023
Jornal Contábil

Primeiro é importante salientar que a CND pode ser solicitada por diferentes órgãos, como bancos e instituições financeiras que precisem de um comprovante de inexistência de dívidas, tanto de Pessoa Física quanto de Pessoa Jurídica. 

A emissão de certidão negativa também costuma solicitar-se quando é preciso comprovar o pagamento regular de bens, como carros e imóveis.

Assim, é correto afirmar que não há um único tipo de certidão, devendo-se observar qual o tipo de solicitação para que se emita o documento correto.

Dependendo do tipo de certidão, a operação emite-se de maneira gratuita.

Conheça algumas entre elas a seguir.

Tipos de certidão negativa

Como dito, cada tipo de solicitação pode requerer uma certidão negativa diferente, que pode ser gratuita ou com a inclusão de taxas para emissão.

Atualmente, a maioria das certidões já emitidas através da internet, sendo que, em alguns casos, pode haver necessidade de homologação em cartório e entrega física da documentação comprobatória.

Conheça, a seguir, as principais CNDs existentes e suas funções:

Qual a validade de uma certidão negativa?

O prazo de validade das certidões negativas varia de acordo com sua natureza. Se uma empresa realizar mudanças de razão social e endereço, por exemplo, é preciso solicitar um novo documento de situação cadastral.

 

Em alguns casos, o documento pode ter validade de até 180 dias, podendo solicitar nova emissão em situações específicas.

Compartilhe nas redes sociais
Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias